terça-feira, 14 de abril de 2009

Soeiro

Soeiro Pereira Gomes faz hoje 100 anos. E digo "faz" em vez de "faria", porque a obra, o exemplo, as ideias e, acima de tudo, a inquebrantável vontade de fazer um mundo melhor que Soeiro nos trouxe, são imortais.

Soeiro soube fazer das letras armas contra a opressão, e trazer à luz o sofrimento, mas também a esperança de um povo. Muito mais do que palavras...

Soeiro soube, homem inteiro, envolver-se na vida à sua volta, participar, tomar partido, tendo morrido na luta clandestina contra a ditadura fascista. Muito mais do que palavras...

"Esteiros", "Engrenagem", "Contos Vermelhos" e tantas outras histórias que lemos há tanto tempo e que não esquecemos.

Muito mais do que palavras: a vida. Parabéns Joaquim!

Sem comentários: