quinta-feira, 28 de maio de 2009

salário mínimo

Não podia deixar de assinalar o 35º aniversário da publicação do Decreto-Lei 217/74 de 27 de Maio que, pela primeira vez na história criou um salário mínimo em Portugal.

Nume época de grandes avanços este foi talvez um dos maiores e mais importantes direitos criados nessa altura.

A existência de um salário mínimo, algo que hoje nos parece tão natural e óbvio, permitiu arrancar uma grande parte dos nossos trabalhadores da miséria, e dar um mínimo de dignidade ao trabalho, revalorizando-o enquanto componente essencial da construção da riqueza do país. Hoje, infelizmente, em relação ao custo de vida, os actuais 472€ valem menos do que os 3.300$00 da altura. Dá que pensar...

O facto tantas vezes ocultado: foi o Primeiro-Ministro da altura o grande impulsionador desta lei. O seu nome: Vasco Gonçalves
.

Apesar da propaganda que sempre tentou demonizar o seu Governo, acusando-o dos piores crimes, a verdade é que este, como outros avanços sociais, como a criação do subsídio de férias, são da autoria do seu Governo. E a propaganda nunca apagará os factos.

[fotografia de Henrique de Matos]

2 comentários:

Henrique Matos disse...

Fotografia de Henrique Matos

Tiago R. disse...

As minhas desculpas. Linkei a partir da pesquisa de imagens do Google e desconhecia o autor.