domingo, 5 de julho de 2009

americanos



Ainda a propósito do 4 de Julho, partilho mais um brilhante documentário da Aljazeera sobre os muçulmanos nos EUA.

Rageh Omaar vai muito para lá dos previsíveis sintomas de discriminação e intolerância e descobre gentes e lugares para quem as cores do Islão são também o branco, azul e vermelho. Porque no sonho americano cabem (deviam caber) todos.

A não perder os restantes episódios.

1 comentário:

garganta funda.... disse...

Este documentário é tendencioso.
O único sítio do Mundo onde os muçulmamos se sentem seguros é nos EUA.
É lamentavel que um blogue de "esquerda" diga que os muçulmanos são discriminados nos EUA (o país mais liberal do Mundo e onde a liberdade religiosa não é palavra vã)).

Os muçulmanos (a começar pelas mulheres) são segregados, humilhados, tratados abaixo de cão, mas é nos seus países de origem.

Um blogue de esquerda nunca pode dar cobertura aos regimes obscurantistas, medievais e fascistas islâmicos, pois faço lembrar que nesses países as forças progressistas (incluindo os comunistas) são perseguidos.