quinta-feira, 2 de julho de 2009

a revolta do voo 1847


3 comentários:

Rui Medeiros disse...

O tecto e visibilidade ficaram abaixo dos limites na altura da chegada do voo e mantiveram-se assim durante a noite. Não era possível aterrar no Faial e o aeroporto do Pico já estava fechado a essa hora... Se os voos da SATA estão cheios era preferível ficar uns dias na Terceira a voltar a Lisboa e ter voo no dia seguinte?

Tiago R. disse...

"o aeroporto do Pico já estava fechado a essa hora"

Numa região com as nossas características, isso diz quase tudo, não diz?

Anónimo disse...

Por muito que nos doa (E dói,mesmo!)o Pico tarde, ou nunca, será alternativa ao Faial, em termos de transportes aéreos. Por um passado negro e por um presente muito pouco brilhante. Um dia, quem sabe, chegaremos lá. Por agora, apenas nos resta a esperança.