terça-feira, 20 de outubro de 2009

lutar pela liberdade ou perdê-la







Liberdade de imprensa recua em Portugal


No Relatório anual da ONG Reporters Sans Frontieres, Portugal caiu de 16º para 30º lugar, ficando ao nível do Mali e da Costa Rica, no que diz respeito à liberdade de imprensa. Ninguém fica com certeza surpreendido.

Se há enormes culpas dos políticos que ameaçam, das empresas de comunicação social que pressionam e dos cidadãos que se calam, a primeira responsabilidade vai direitinha para os profissionais da informação que não arriscam ou não se preocupam em defender o seu primeiro e mais fundamental direito.

1 comentário:

geocrusoe disse...

Sim, há culpados em ambas as partes, e também temos visto que por cá a cobardia e o silenciamento compensam em relação à luta pela liberdade, infelizmente...