segunda-feira, 16 de novembro de 2009

é pura autocrítica

O artigo de opinião do Secretário Geral da JSD, Rómulo Ávila, hoje publicado no AO é, como habitual, bem escrito e escorreito, mas revelador do percurso habitual dos jotas dos partidos do centrão.

Porventura contra a intenção do autor, a história que nos conta assenta que nem uma luva não apenas aos que pretende criticar, mas também a muitos membros da sua própria organização.

E é um problema estrutural de PS e PSD: É-lhes absolutamente necessário criticar o adversário, mas a crítica, habitualmente, acaba sempre por denunciar o que eles próprios são: duas faces da mesma moeda, dois modos da mesma política.

7 comentários:

João Cunha disse...

Rómulo Ávila é porventura um dos melhores activos na estrutura do PSD, o problema passa pelo impacto tangencial que este e muitos outros jovens promissores podem vir a ter na estrutura partidária.

Tiago R. disse...

Não duvido do valor de Rómulo Ávila, que é nele muito mais evidente do que em Cláudio Almeida.
Agora, não é por isso que deixa de estar enredado no labirinto paradoxal dos que procuram atacar o seu próprio reflexo, como acontece com PS e PSD.

Anónimo disse...

Vocês não sabem o que dizem!
Queriam muitas juventudes partidárias ter esta dupla na frente - um com a imgem e mais técnico, ponderado e persistente(Cláudio Almeida)e outro com a rectaguarda da estrutura, com inteligência, com educação, com boa escrita, e um toque de elevação (Rómulo Ávila).
Efectivamente, não ataquem um, menosprezando o outro.... vocês não sabem o que dizem!.
Os dois assim é que estão bem. Num primeiro mandato excelente, reactivaram a estrutura toda (nao nos esquecemos disso), neste segundo de apresentação de propostas e voz dentro do partido, também excelente, e num terceiro mandato (embora não saiba quando o congresso, mas ainda são novos os dois) será para a passagem de testemunho e que quer um quer outro, fica muito bem.

Tiago R. disse...

Cláudio Almeida um técnico??? (talvez o inverso esteja mais perto da verdade)

Já alguma vez ouviu as intervenções que ele profere no Parlamento?

Mas, em todo o caso, não tenho nada a ver com quem os jovens sociais-democratas elegem para seus dirigentes...

Anónimo2 disse...

Pelo menos,embora sendo o mais novo, fala e fala muito, ao contrário de outros que é só em duas ou três questões e até ganham mais do que ele, na vice-presidencia da bancada e até o mandam calar.
E o deputado da JSD já falou e muito sobre áreas que nunca julguei poder ser a JSD, mas ha confiança no menino Claudio e ainda bem.

São técnicos os dois, pronto! :)
Um com umas qualidades,e outro com outras, ou os dois com algumas iguais..... como queira!

Papio cynocephalus disse...

credo, o que vai para aqui...Tiago, basta falar da pequenada das jotas e é só hooligans..

Tiago R. disse...

É o fulgor próprio da juventude.

Bem-vindo ao Política, Papio!