sábado, 21 de novembro de 2009

informar é isto

Mais um exemplo de grande fotojornalismo do Jornal Público, que tão frequentemente critico, mas a quem mais uma vez tiro o meu chapéu por ter publicado em primeira página esta foto de Nelson Garrido. Tenho a certeza que, nesta nescolha, não terá sido indiferente a opinião do meu bom amigo Sérgio Gomes.

A imagem consegue comunicar de maneira imediata, concreta e irredutível a dimensão do drama humano da situação dos trabalhadores da Rhode. Perante uma imagem como esta é impossível ficar indiferente. Informar é isto.

(já me esquecia de agradecer a foto ao Tempo das Cerejas)

4 comentários:

Anónimo disse...

Este é sem dúvida um caso dramático.
Mas há outros.
Há instituíções publicas que tem 1/10 dos funcionários com atestados de longa duração. Que trabalham pela sucapa umas vezes, outra de forma descarada, sem que ninguém se atreva e tocar-lhes com um dedo.
Os sindicatos, no lugar de se colocarem ao lado de quem anda à porta à procura de emprego, dizem que estar doente é um direito e sugerem a abertura de mais vagas.
Vai-se a algum lado com um país com leis destas?

Tiago R. disse...

Estar doente não é um direito???
Não existem mecanismos na lei para fiscalizar as baixas?

João Cunha disse...

Neste caso a foto transmite a historia melhor do que qualquer artigo escrito.

Anónimo disse...

Existem mas médicos e "doentes" não respeitam.
É isto novidade para o Sr. Tiago R?

E depois é ver quem quer emprego não o consegue, porque o sistemas de vagas está completamente entupido com "doentes" deshonestos e ladrões destes.
"Doentes" que não trabalham, não produzem, mas roubam no fim do mes o ordenado.
Doentes que estão bem acantonados em sindicsatos, que no lugar de perceberem que para se receber bem, tem de se produzir e criar riqueza, põem-se do lado deles.