sexta-feira, 27 de novembro de 2009

odeio ter razão



Como escrevi no post anterior, outras empresas da construção civil dos Açores iam começar a passar rapidamente por dificuldades sérias. Só não esperava que a dimensão do problema se tornasse óbvia tão depressa.

Sem comentários: