quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

alguns deputados são mais iguais do que outros

Pelo menos sete deputados PS vão poder quebrar disciplina de voto

No Grupo Parlamentar do PS alguns deputados são mais iguais do que outros. alguns têm de cumprir a disciplina, outros são suficientemente notáveis para ganharem o direito de a quebrar.

Para além de ser a forma possível de lidar com a misturada ideológica que constitui o seu grupo parlamentar, o PS continua, assim, a manter um difuso e confuso ar "de esquerda", aliás uma postura que lhe é característica e que vai ainda iludindo alguns desatentos. Até quando?

7 comentários:

Ricardo Ferreira disse...

Ao menos no PCP existe disciplina de voto, disciplina de pensamento e disciplina para com o partido...

Tiago R. disse...

Exactamente.
Disciplina entendida pela aceitação das decisões que foram livremente discutidas e aprovadas por TODOS, não apenas pelo líder parlamentar.

João Cunha disse...

Pessoalmente sou contra a disciplina de voto.

Uns poucos de entre os muitos não são uma amostra viável para a elaboração de uma agenda política/ideológica representativa da globalidade da bancada parlamentar.

Mas enfim, até termos uma democracia verdadeiramente representativa e responsabilizada do/pelo eleitorado, os deputados não terão que prestar contas ao país... apenas ao partido.

Tiago R. disse...

Até posso concordar contigo, João. Mas... Disciplina para uns e não para outros???

João Cunha disse...

Realmente acho estranho, não percebo a lógica subjacente a esta decisão.

Ricardo Ferreira disse...

"Disciplina entendida pela aceitação das decisões que foram livremente discutidas e aprovadas por TODOS, não apenas pelo líder parlamentar"


sim sim... claro claro....

Tiago R. disse...

Fico contente que esteja de acordo, Ricardo