terça-feira, 5 de janeiro de 2010

pesada sazonalidade


Quatro unidades hoteleiras de S. Miguel, representando cerca de 10% das camas disponíveis nesta ilha dos Açores, estão encerradas temporariamente, numa solução para reduzir as despesas face à diminuição da procura na época baixa.

A sazonalidade é um dos factores que primordialmente prejudica o nosso turismo e a nossa economia. Contra circunstâncias climáticas e condições naturais há pouco a fazer. Mas poderiamos talvez fazer mais. Ficam-me as perguntas: valerá a pena concentrar na época alta o grosso da oferta cultural da região, em termos de espectáculos e concertos, por exemplo? Não valeria a pena usar um marketing mais agressivo com reduções significativas para atrair hóspedes na época baixa? Não valeria a pena termos a SATA a fazer ligações aéreas a baixo custo nesta altura?

Não haverá mesmo nada a fazer?

1 comentário:

geocrusoe disse...

Relativamente a tarifas de baixo custo no inverno até pode ser uma ideia.
Quando te referes à concentração da oferta cultural no verão estás-te a referir a quê: festas de verão com concertos de grupo musicais comerciais?
Pois o resto já é sobretudo no inverno: festivais de música, cinema, teatro, concertos de música erudita e tornées de maiores grupos.