terça-feira, 5 de janeiro de 2010

promulga e não bufa


Apesar das tentativas de dramatização e crispação artificial entre o PR e o Governo, a verdade é que, nas questões fundamentais, continuam perfeitamente alinhados. Ainda mais neste espinhoso caso do BPN que envolvia também figuras importantes do PSD. O centrão tem pressa de enterrar o assunto e esquecer os 1.800 milhões de euros que custou aos contribuintes.

Essa clivagem aparente, encenada para encher páginas de jornais, é útil tanto para Sócrates como para Cavaco. PS e PSD precisam agudamente de acentuar as suas vaguíssimas diferenças para que os portugueses continuem a pensar que um é alternativa ao outro.

Uma estratégia que funciona cada vez pior.

Sem comentários: