sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

idiotas completamente inúteis


Ao ocupar uma posição tranquilamente simbólica e gostosamente remunerada como a de Presidente-não-executivo (para que é que serve uma coisa dessas?) da PT, Henrique Granadeiro, na certa, nunca imaginaria ver-se metido em tais alhadas. É muito chato ser-se o último a saber. Dá-nos a dimensão exacta da nossa própria utilidade.

3 comentários:

Anónimo disse...

A César o que é de César e a Deus o que é de Deus.

A justiça faz-se nos tribunais.

Tiago R. disse...

abençoados sejam os pobres de espírito, pois eles herdarão a terra.

Safa!

Anónimo disse...

Felizes os quie lutam pela justiça, pois alcançarão misericórdia.

A lapidação que estão a fazer ao primeiro ministro na praça pública é politica.
Escute-se o Capucho e o bobo da Madeira - há anos conhecida como a Sicilia do Atlantico.