quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

elefantes no green

Leio na edição impressa do AO que o Governo Regional vai continuar a segurar a Verdegolf da falência.


Na prática, o Governo assegura o funcionamento dos campos, paga aos trabalhadores, suporta as despesas e a Verdegolf (que mantém a propriedade) fica a dever os prejuízos que houver (que os há sempre), para pagar não se sabe bem quando.

A questão que se me coloca é para quê manter este estranhíssmo sistema. Se se acha que é importantíssimo termos mais estes dois campos em São Miguel (do que discordo) porque não pura e simplesmente adquiri-los e pronto? Que esquisitos e enredados são estes negócios do golfe...

Esta "bandeira política" do Governo está a sair-nos muito cara e sem qualquer utilidade. Comparem-se os números da turismo golfista com o investimento que a Região fez e vai fazer em campos de golfe para termos a exacta medida de quanto custa manter estes elefantes no "green".

Sem comentários: